Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
Saltar navegação
Acesso a Cuidados de Saúde

Ligue para a Linha de Saúde 24 (808 24 24 24), onde pode ter aconselhamento e o encaminhamento adequado.
 
Consulte aqui - locais de atendimento das unidades de saúde da sua área de residência.

- para que possa recorrer em caso de necessidade (Médico de Família, Enfermeiro de Família) -

Contactos dos Serviços de Urgência Básica e Serviço de Atendimento de 24h (​de 2ª-feira a domingo):

 

​ULS/ACES ​Serviço de Urgência Morada​ Localidade Telefone​
ACES Alentejo Central​ ​SUB de Estremoz ​Av. 9 de Abril ​7100-500 Estremoz ​268337700
​​Atendimento de 24h no Centro de Saúde de Montemor-o-Novo ​Rua Fernando Pessoa ​7050-236 Montemor-o-Novo ​266898904
​Atendimento de 24h no Centro de Saúde de Vendas Novas ​Av. 25 de Abril ​7080-135 Vendas Novas ​265809003
Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano​ ​SUB de Alcácer do Sal ​Avenida José Saramago ​7580-206 Alcácer do Sal ​265610500
​SUB de Odemira ​Vale Pegas de Baixo ​7630-236 Odemira ​283322133
Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo​ ​SUB de Castro Verde ​Av. General Humberto Delgado ​7780-909 Castro Verde ​286320140
​SUB de Moura ​Rua dos Açores S/N ​7860 Moura ​285254900
Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano​ ​SUB de Ponte de Sôr ​Passeio Garibaldino de Andrade n.º 1 ​7400-294 Ponte de Sôr ​242292000

 

Saiba os tempos médios de espera do Serviço Nacional de Saúde nos hospitais da região do Alentejo, associados a urgências, consultas e cirurgia.
Clique e veja a partir do Portal do SNS.

Hospital José Joaquim Fernandes - Beja

Hospital de Santa Luzia - Elvas

Hospital do Espírito Santo - Évora

Hospital Dr. José Maria Grande - Portalegre

Hospital do Litoral Alentejano - Santiago do Cacém

Esta área disponibiliza informação relativa a acordos e convenções celebradas com diversas entidades para a prestação de cuidados de saúde destinados aos utentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS), bem como, relativa aos cuidados de saúde primários, hospitalares e continuados prestados na região do Alentejo. Inclui também informação sobre a prestação de serviços de intervenção nos comportamentos aditivos e dependências.

Tempos Máximos de resposta garantidos para atividades não urgentes.pdfTempos Máximos de resposta garantidos para atividades não urgentes

Tempos máximos de resposta garantidos - Portaria n.º 87/2015 - Dr n.º 57/2015, Série I de 2015-03-23

​Nível de acesso e tipo de cuidados Tempos Máximos de Resposta Garantidos (TMRG)​
​1 — Cuidados de saúde primários:
​1.1 — Cuidados prestados no centro de saúde a pedido do utente:
​1.1.1 — Motivo relacionado com doença aguda Atendimento no dia do pedido.
​1.1.2 — Motivo não relacionado com doença aguda ​15 dias úteis a partir da data do pedido.
​1.2 — Necessidades expressas a serem resolvidas de forma indireta:
​1.2.1 — Renovação de medicação em caso de doença crónica. ​Setenta e duas horas após a entrega do pedido.
​1.2.2 — Relatórios, cartas de referenciação, orientações e outros documentos escritos (na sequência de consulta médica ou de enfermagem). ​Setenta e duas horas após a entrega do pedido.
​1.3 — Consultas programadas pelos profissionais. ​Sem TMRG geral aplicável; dependente da periodicidade definida nos programas nacionais de saúde e ou avaliação do clínico.
​1.4 — Consulta no domicílio a pedido do utente. ​24 horas, se a justificação do pedido for aceite pelo profissional.
​2 — Hospitais do SNS:
​2.1 — Primeira consulta de especialidade hospitalar referenciada pelos centros de saúde:
​2.1.1 — De realização «muito prioritária» de acordo com a avaliação em triagem hospitalar. ​30 dias seguidos a partir do registo do pedido da consulta no sistema informático da consulta a tempo e horas (CTH) pelo médico assistente do centro de saúde.
​2.1.2 — De realização «prioritária» de acordo com a avaliação em triagem hospitalar. ​60 dias seguidos a partir do registo do pedido da consulta no sistema informático CTH pelo médico assistente do centro de saúde.
​2.1.3 — De realização com prioridade «normal» de acordo com a avaliação em triagem hospitalar. ​150 dias seguidos a partir do registo do pedido da consulta no sistema informático CTH pelo médico assistente do centro de saúde.
​2.2 — Primeira consulta em situação de doença oncológica suspeita ou confirmada. ​Variável em função do nível de prioridade.
​2.3 — Meios complementares de diagnóstico e terapêutica em doenças cardiovasculares:
​2.3.1 — Cateterismo cardíaco. ​30 dias seguidos após a indicação clínica.
​2.3.2 — Pacemaker cardíaco. ​30 dias seguidos após a indicação clínica.
​2.4 — Cirurgia programada:
​2.4.1 — Prioridade «de nível 4» de acordo com a avaliação da especialidade hospitalar. ​72 horas após a indicação cirúrgica.
​2.4.2 — Prioridade «de nível 3» de acordo com a avaliação da especialidade hospitalar. ​15 dias seguidos após a indicação cirúrgica.
​2.4.3 — Prioridade «de nível 2» de acordo com a avaliação da especialidade hospitalar. ​60 dias seguidos após a indicação cirúrgica.
​2.4.4 — Prioridade «de nível 1» de acordo com a avaliação da especialidade hospitalar. ​270 dias seguidos após a indicação clínica.
​2.5 — Cirurgia programada na doença oncológica ​Variável em função do nível de prioridade.
​3 — Entidades convencionadas:
​3.1 — Consultas, cirurgia, meios complementares de diagnóstico e terapêutica. ​O tempo de resposta que conste no contrato de convenção.